Ori and the Blind Forest [Análise] – BJ

http://www.baixakijogos.com.br/ori-and-the-blind-forest/analise.htm

Ori and The Blind Forest nasceu da Moon Studios, desenvolvedora independente que trabalha sob a tutela da Microsoft Studios e com subsídio total da empresa de Bill Gates. Sendo um dos principais projetos das primeiras safras da família Xbox, o jogo escapa do rol de clichês pelos refinados conceitos de arte. Além disso, ele chamou a atenção de todo mundo desde que foi apresentado em 2013.

Minimalismo, simplicidade e diversão. Esses conceitos são executados de forma majestosa em Ori and the Blind Forest, deixando espaço para muito mais. Uma história bem apresentada não requer complicações. Às vezes, um toque de fantasia dado com carinho, poesia e criatividade é tudo que a gente precisa, como acontece em filmes como “Narnia” ou “História Sem Fim”.

A proposta do jogo é fornecer uma jornada sobre autoconhecimento, responsabilidade e sacrifício. O game conta a história do jovem órfão Ori, um espírito da floresta que foi exilado de sua terra natal e adotado por Naru. Ela é a madrasta a quem ele se reporta e de quem se considera filho. O pequeno ser branco de caudas parte em uma jornada que envolve sacrifícios por aqueles que ama, com muitas armadilhas, habilidades e um visual que serve como colírio pros olhos.

http://www.baixakijogos.com.br

Assine O Blog Android e Receba as Novidades em Seu E-Mail

Pedro Boeno

Autor do Blog Android Passo a Passo

Website: http://pedroboeno.com.br