Assassin’s Creed Unity [Análise] – BJ


http://www.baixakijogos.com.br/assassin-s-creed-unity/analise.htm

Quando vemos a bela Paris virtual do século XVIII do alto da catedral de Notre Dame, é fácil perceber que Assassin’s Creed chegou à oitava geração de consoles. Há uma cidade imensa e um inacreditável tapete orgânico se estendendo sob os pés de Arno (PRONUNCIA-SE “ARRRNÔ”) Dorian e proporcionando um encanto ao jogador. É praticamente impossível não esboçar um sorriso de contentamento.
Assassin’s Creed Unity é ao mesmo tempo um espetáculo visual e uma coleção de excelentes ideias, que provavelmente devem aparecer em futuros jogos da série. Mas, passada a euforia, é possível perceber que Unity também esbarra em questões que surgem do seu próprio pioneirismo.
Enquanto corre pelos arredores da cidade revolucionária, você provavelmente vai cruzar com diversos bugs — em graus variados de relevância e de humor involuntário. Algo parecido também pode ser dito sobre a jogabilidade, já que algumas mecânicas um tanto confusas deixam constantemente a sua garganta exposta à lâmina do inimigo. Por outro lado, há novas manobras, ferramentas de personalização e um belo multiplayer cooperativo. Vamos aos detalhes.

http://www.baixakijogos.com.br

Te gusto el contenido, entonces que no quede solo para ti, porque no lo compartes con la familia y los amigos. Solo dale clic al boton compartir.

Dejanos un comentario...

%d blogueiros gostam disto: